Quarta-feira, 8 de Outubro de 2008

Ayer - 4

Não, eu não morri, só criei um blog novo. Esse sim tem sido atualizado com uma certa frequência, mas é porque ele é escrito (ou deveria ser) a seis mãos, então facilita.

 

É um filhote do meu apê, onde eu recebo amiguinhos pra falar da faculdade, numa conversinha sem vergonhammmm [Silvio Santos mode on], e, por isso eu acabo esquecendo de escrever nesse aqui.

 

Mas dá uma passadinha por .

 

Enfim, pros que temiam pela minha saúde mental, não, não virei emo (apesar de gostar muito de roupa xadrês, My Chemical Romance e Panic at The Disco), era só a minha adesão espontânea à campanha de apologia aos miguxinhus.

 

Pra não ficar impune, toma mais um pedacinho de Onírykah.

 

***

Fronteiras do Deserto del Ayer, são precisamente 3:40am, e eu tenho a certeza que eu preciso parar de tomar café, ou eu não durmo nunca mais. Já faz duas semanas que eu não durmo nem três horas por dia e parece não fazer muita diferença ainda, excerto o fato de eu não lembrar direito as minhas refeições depois de algumas horas. Se isso se agrava, vou perder pedaços da minha vida aos poucos. Não, eu não posso, não quero, são meus tesouros, minhas memórias são tudo o que tenho. Minha honra, meus valores, meus juízos foram escritos a fogo na minha pele, não posso, não devo perdê-los.Mais café, café! Vigília! Não devo dormir, não agora. Tenho coisas pra guardar. (Às vezes me perguntam porque eu ajo feito um cão de guarda, rosnando, atacando e apanhando inutilmente. Eu não consigo responder, e rio. Só rio, e com gosto.) Eu vejo os problemas se choramingando ao meu redor e sinto nojo. Eu já passei por tudo isso, café pequeno. Eu rio, e escarro no chão. E vigio, rosno, mostro dentes. Tenho compromissos com os que honro. Se eu nasci, viajei pro inferno e voltei, é porque houve gente disposta a fiar a corda que me trouxe de volta. E é pra esse tipo de gente que eu levo pedrada, e tiro sangue de muito calcanhar. Mais café, pela minha honra, pela minha experiência, por eles. Oro e vigio.

***

 Aproveitando o assunto, reafirmo o meu pacto. Meu sangue ainda vale menos que a vida de duas pessoas, e eu o derramo de bom grado, se preciso.

***

Ah, e bem vindas, Brenda e Lavi, novas leitoras! Tentarei ser um pouco mais fiel a esse sapo.

Ps.: Alucard anda fazendo sucesso! Esse rapazinho gente fina pode ser encontrado pra download nesse site aqui (já me disseram que o mangá é melhor, mas o anime é um ótimo começo).

sinto-me: Insone.
música: Black Dog - Led Zeppelin
publicado por Yulliah às 16:49
link do post | comentar | favorito
|
Sexta-feira, 28 de Março de 2008

Apócrifo1.doc

There's a time to live and a time to die
When it's time to meet the maker
There's a time to live but isn't it strange
That as soon as you're born you're dying...
...and be reborn again?
(The Clairvoyant - Iron Maiden)

Volta as cinzas, grande fênix
E saiba que a punhalada sempre vem
de onde menos se espera que venha
e que toda vez que você precisar de apoio
você sempre será o seu melhor amigo
Reage, mostre a que veio
Não é uma alma em prantos que faz a revolução
Apenas a mente fria e o pensamento afiado
e o coração, repleto de amor e sonho justo
Te apruma e levanta, grande fênix
O mundo não dá trégua pra você se reconstruir
Durma de olhos fechados e ouvidos abertos
Dê sempre o melhor de si e espere o pior dos outros
Por que a vida é sacrifício
A boa luta é pela boa causa,
mesmo que perdida, sempre almejada
Desistir de lutar é matar a alma
Quem espera sempre alcança
e navegar é preciso
Renasce, grande fênix, e voa...

Texto velhinho meu, inédito na web, do ensino médio. Falta de idéias, muita coisa pra estudar e, cara, tenho certeza que os meus dois leitores iriam gostar que eu publicasse os meus apócrifos... Henrique, você vai curtir, com certeza!
Bjus!
sinto-me: Too Busy!
música: The Clairvoyant - Iron Maiden
publicado por Yulliah às 04:26
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
|
Sábado, 8 de Março de 2008

Sobre Criptonita, Vegans e Cadeia alimentar

Após, hiatus involuntário, o msn vem me ajudando a ter assunto antes que venham as aulas. Papo vai, papo vem, orkut e messeger refogam amizades e contatos antigos, o que, de longe, traz um monte de coisa a tona:

Deh diz:
-só vc a essa hra
Mannï ("bocejo"+"café"= Eu) Manhães diz:
-melhor q ontem, hentai até as 4:45 da matina
Deh diz:
-eh verdade amiga
Deh diz:
-ahauhauhau muito mais sagraddo
Mannï ("bocejo"+"café"= Eu) Manhães diz:
-a linha entre profano e sagrado é a fronteira cultural entre os povos
Mannï ("bocejo"+"café"= Eu) Manhães diz:
-(nusss! salva essa pra minha biografia!)
Deh diz:
-uhauahhaah verdade
Mannï ("bocejo"+"café"= Eu) Manhães diz:
-kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk
Deh diz:
-muiiito profundo issso
Deh diz:
-vou salvar hauhauahahu
Mannï ("bocejo"+"café"= Eu) Manhães diz:
-mannï, a socióloga cafeinômana
Deh diz:
-huahuaha como quase todos os sociologos
Deh diz:
-hauhauah plo menos naum vire vegetariana.

Tum! Pegou no nervo. Venho pensado nisso a semanas.

Ando lendo diversas páginas sobre combate aos maus tratos dos animais (causa nobilíssima) e quase sempre há críticas ao hábito do consumo de alimentos de origem animal. Alguns criticam até comer ovo ( (o) ?), esse pobre inocente, devido as condições de criação das poedeiras.

A alegação é que ninguém tem o direito de infligir sofrimento a qualquer forma de vida, e convenhamos, os métodos de abate não são nada amigos com os bichinhos. As fazendas de criação de gado intensivo são altamente estressantes pros bovinos e as de gado extensivo são uma das principais fontes do desmatamento amazônico. Galinhas de abate são confinadas e intoxicadas com hormônios e antibióticos para atingirem padrão internacional, e gansos são torturados de uma maneira que nem vale lembrar para que mimados admiradores de gastronomia possam degustar Foi Gras. Peixes morrem da pior maneira que existe antes de parar na frigideira ou no sashimi, e nem preciso mencionar a forma de preparo de siris e caranguejos.

Estava francamente seduzida a acatar aos argumentos, para uma vida mais ... viva, mas o meu gosto por bife mal passado, ovo frito e camarão me deram uma dose de preguiça.

Foi aí que tive uma epifania: comemos vegetais VIVOS. Um pouco de empatia e se consegue sentir o sofrimento de alface, rúcula e similares ao serem tirados da terra, picotados, salgados e mastigados. Legumes e frutas sendo fatiados e descascados. Batatas em óleo quente. Alho triturado. Experimente: qualquer cabeça de alho que você deixa a toa, ao ar livre, brota. Plantas também são seres vivos, e eu acredito que toda forma de vida é criada pelo divino, tem alma e sente.

Todo ser tem seu papel na terra. nascemos e morremos pra que outros possam nascer. A cadeia alimentar é a manifestação da justiça e misericórdia da criação.

E por isso eu não me sinto mais culpada por degustar o meu bifinho, embora eu vá ficar com muita raiva se eu souber que ele foi torturado antes de parar no meu prato. E com certeza mudarei de marca, sem dó nem piedade.

Lista da vez- Sou contra:
-Crueldade, tortura, ou qualquer forma de infligir sofrimento a qualquer forma de vida;
-Exploração;
-Orgulho besta, que impeça a evolução;
-Falta de inspiração (minha, mas nem sempre supero);
-Futilidade vazia (acredite, existe futilidade cheia, se chama cultura nerd);
-Formas de domínio mental (praticamente tudo que circule em tv aberta e rádios fm);
-Ahnnnnn, do que eu estava falando mesmo?;
-Ah, sim, também sou contra os meus distúrbios de memória;
-Intolerância;
-Fanatismos não saudáveis;
-Vícios não produtivos;
-Tradicionalismos paralisantes;
-Revolucionismos sem propósito;
-Aquecimento global e insustentabilidade (fazendo o possível pra me recuperar);
-Academicismo;
-Obscurantismo;
-Antíteses e paradoxos, cujo objetivo inicial seja sofismar a realidade (putaqueopareo!);
-E, finalmente, o Bife de Fígado!!! Que ficaria bem melhor dentro do boi ou no estômago de um faminto da África, e não no meu prato!!!

Obrigada, e uma ótima madrugada pra toooooooooooooodos vocês!

Ps.: Ficaram sabendo do encontro de Staw Wars ocorrendo em Sampa? Quem for, me conta como foi!!!
sinto-me: Inspirada Again!
música: Trilha Sonora de Uma Mente Brilhante
publicado por Yulliah às 05:17
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
|

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Outubro 2008

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9
10
11

12
13
14
15
17
18

19
20
21
22
23
24
25

27
29
30
31


.posts recentes

. Ayer - 4

. Apócrifo1.doc

. Sobre Criptonita, Vegans ...

.arquivos

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Julho 2008

. Maio 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Maio 2006

. Março 2006

. Dezembro 2005

.tags

. todas as tags

.links

.Na rede é peixe!

BlogBlogs.Com.Br

.Não chute, adote!

Irm√£os Brain

.subscrever feeds

RSSPosts

RSSComentários

RSSTag ideologias pessoais