Terça-feira, 28 de Outubro de 2008

HoHoHo! Wishlist!

(créditos a Angeli!)

 

Fim de ano chegando, novembro aí na porta, meu aniversário engatando no Natal. Então, eu vou aproveitar esse singelo e infrequentado blog pra fazer a lista de coisas que, se eu recebesse nesse fim de ano, me deixariam muuuuuuuito contente.

 

-Lanterna de pilha (pra manutenção do pc) *ganhei, heil!* Pilhas gigantes pra lanterna;

-Chocolate (sempre bem vindo);

-Meias (coloridas, arrastão 7/8, de dedinhos pra usar com chinelo, colegial branca 3/4, o que vier, só não serve aquelas sociais finas que morrem na canela);

-Agenda anual pequenininha (de preferencia aquela da Pucca, vermelhinha brilhante, nada rosa, plix) *ganhei, heil!*;

-Uma garrafa de Vinho tinto de mesa suave (pro presenteador tomar junto comigo!);

-Um livro de metodologia do trabalho científico;

-Um Aurélio atualizado, devidamente sem tremas;

-Animes e mangás (qualquer um! ^^);

-Sombra em bastão ou roll-on, delineador líquido pra olho, rímel e esmalte, todos pretos (os meus acabaram, snif) *ganhei, hei!*;

-Coleira e guia pretos, em nylon (achei uma no supermecado, achei MARA! ah, e são pra mim, não pros cachorros, tá ~_o) Ganhei, heil!;

-Um par de hashis (plástico, de preferência, pra não mofar) Ganhei, heil!;

-Um all star cano médio, preto, vermelho ou verde, basicão (o meu furou no calcanhar TT_TT);

-Calcinha e sutiã (mas, pelamordedeus, avise antes, tá!) *ganhei, heil!*;

-Os três últimos livros da série Potter;

-A série do Guia do Mochileiro das Galáxias (e uma toalha!);

-Provolone, salame e lombo temperado (adoooooooooooooooro, morro de saudade no natal ^^);

-Mortadela e Mineirinho (só pra quem mora no Rio de Janeiro!);

-Vestidos longos de malha, pra bater na UFES (atenção: pra bater na UFES, não pra frequentar a Universal do Reino de Deus);

-Sandálias anabela médias, presas no tornozelo, pra bater na UFES (não aguento mais andar de sandália rasteira);

-CDs e DVDs virgens (isso é presente que se peça??? Ai zezuis!);

-Livros de sebo (preferencialmente Jorge Amado e clássicos, tipo Maquiavel, Hobbes e esse povo empoeirado aí);

-Cristais arredondados;

-Touquinhas otakus (sugoeeeee!);

-Pelúcias, almofadas e bonequinhos de pano;

-Caneta pra escrever em CD e DVD *ganhei, heil!*;

-Camisas colegiais de cosplay de Azumanga Daioh (manhêeeeeeeeee!!!);

-Bomba de encher pneu de bicicleta (sim, ela ainda existe, coitada);

-Entre otras cocitas más...

 

Tem pra todo gosto e bolso, mas, cacete, como eu sou pidona! Muahahahahahaha!

 

Ps.: Ganhei outras coisas que não tinha pedido, mas é outro assunto, hehe. Ah, e porque do sumiço? Mudei, e esqueci de avisar, mas, enquanto eu não sei como importar os arquivos, eu não apago esse daqui, ok? Kissu.

sinto-me: Pidona pra cacete
música: Don't stop me now - Queen
publicado por Yulliah às 21:39
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
|
Quinta-feira, 9 de Outubro de 2008

Kawaii! Bonequinha de crochê! s2

Por causa de textos como esse que eu (ainda) não marquei minha mãe como spam (embora sua mania compulsiva por correntes fofuxas de PowerPoint a façam merecer).


***


Um homem e uma mulher estavam casados por mais de 60 anos.
Eles tinham compartilhado tudo um com o outro e conversado sobre tudo.
Não haviam segredos entre eles, com exceção de uma caixa de sapato que a mulher guardava em cima de um armário e tinha avisado ao marido que nunca abrisse aquela caixa e nem perguntasse o que havia nela.
Por todos aqueles anos ele nunca nem pensou sobre o que estaria naquela caixa de sapato.
Um dia a velhinha ficou muito doente e o médico falou que ela não sobreviveria.
Sendo assim, o velhinho tirou a caixa de cima do armário e a levou pra perto da cama da mulher.
Ela concordou que era a hora dele saber o que havia naquela caixa.
Quando ele abriu a tal caixa, viu 2 bonecas de crochê e um pacote de dinheiro que totalizava 95 mil dólares.
Ele perguntou a ela o que aquilo significava, ela explicou;
- Quando nós nos casamos minha avó me disse que o segredo de um casamento feliz é nunca argumentar/brigar por nada. E se alguma vez eu ficasse com raiva de você que eu ficasse quieta e fizesse uma boneca de crochê.
O velhinho ficou tão emocionado que teve que conter as lágrimas enquanto pensava 'Somente 2 bonecas preciosas estavam na caixa. Ela ficou com raiva de mim somente 2 vezes por todos esses anos de vida e amor.'
- Querida!!! - Você me explicou sobre as bonecas, mas e esse dinheiro todo de onde veio?
- Ah!!! - Esse é o dinheiro que eu fiz com a venda das bonecas.

 

***

 

Agora, todo mundo orando junto!

 

 

 

 

Senhor, dai Me sabedoria para entender meu  marido, amor para perdoá-lo e paciência para aturá-lo senhor,

porque se eu pedir força, eu bato nele até matar, porque EU NÃO SEI FAZER CROCHÊ...Amém!

sinto-me: Muahaha!
música: Safado, cachorro, sem vergonha - Babado Novo
publicado por Yulliah às 05:45
link do post | comentar | favorito
|
Quinta-feira, 31 de Julho de 2008

Reativando minha (pseudo) vida social

Pretendendo fazer um cosplay, pela primeira vez na vida, será que rola???

 

Update! 28Set, no Praia Tênis Clube, em Vix (ui!), vai ser o primeiro!

publicado por Yulliah às 01:57
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
|
Segunda-feira, 31 de Março de 2008

Ayer - 3

Les yeux sans visage
Eyes without a face
Got no human grace
Your eyes without a face
(Billy Idol - Eyes without a face)

(











                                                                                                                                                             ...
                                                                                      !!!)
Foi tudo o que ouvi deles, antes da portada na cara.
sinto-me: ( !)
música: Santa Maria - Gothan Project e outras de Gardel
publicado por Yulliah às 04:35
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
|
Quinta-feira, 20 de Março de 2008

Ayer - 1

Jogaram criptonita debaixo da minha cama, e eu simpelsmente não arranjo assunto pra escrever. Idéias geniais e mirabolantes dentro do ônibus a caminho de casa e tudo some no caminho do ponto até o teclado. Fuckshit!

Se a vida real não dá pé, bora pra Onírykah. Aquela Onírykah, em algum vórtice perdido no canal da Mancha.

 Ciudad del Ayer, 16:32. A luminosidade é como se tivéssemos às cinco horas da manhã, como sempre, aliás, nem sei porquê, as leis da Física em relação a luz e cores não funcionam direito aqui. Deve ser a psiquê coletiva do lugar, onde tudo e todos são cansados, melancólicos, blasé, até os gatos de rua. Meus amigos. Me olham com mais amor do que muitos. E eu os respeito em sua solidão. A cidade é um eterno suspiro preso, e ele dói. Em mim. E nos meus gatos. E nos de rua. E eles são mais fortes que eu. Ah... Mudei-me em mil novecentos e tanto, até esqueci, as lembranças são da mesma cor do céu daqui. Lilás, cinza, dor. O céu é um dos meus hematomas, que deixei por lá. Da minha terra, carreguei o medo, e até do verde das plantas eu tenho receio. Verde e vermelho, vermelho e negro, Ciudad del Ayer é o condado das utopias perdidas na base da porrada, na base do cacete. Ou você não sabia ainda pra onde iam os desaparecidos dos regimes? Moramos em guetos, mesmo aqui. Os desiludidos, os sem-fé são blasé e niilistas, e esse tipo de gente sempre vêm morar aqui. Nem preciso dizer o quanto eles nos amam. Valemos o mesmo que os gatos, esses gatos, que eu tanto salvo do chumbinho e dos chutes e pauladas. Chutes, pauladas, e chumbo a gente já conhece, o que fere mais é saber que vamos ser esquecidos. Isso é o que nos trouxe aqui, e o que nos torna melancólicos, blasé. Mas não perdemos a fé. Nem nós, nem os gatos.

Prometo coisas melhores, hoje eu tava sem saco, bem como nas semanas anteriores.

Lista da vez - Beijos ao passado:
-Henrique Sá, camarada de teatro e poeta blogueiro de talento (sentidoabsurdo.blogspot.com.br), suuuuuper, menino!
-Beth Silva, camarada de teatro e flashbacker de talento, vide Orkut Em Cena SESI;
 -LittleWitch Niña, vítima de um ataque insano da minha TPM, camarada de teatro e blogueira de talento (littlewitchblog.weblogger.com.br), além de divisor de águas da minha existência, eterna musa inspiradora das minhas canetas bic ("ainda escrevo que nem tu!"), etc, etc, etc; -Gracias a mi vida... etc, quando eu lembrar mais eu escrevo.
sinto-me: Lilás-Azulada
música: Trouble - Cold Play
publicado por Yulliah às 02:28
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
|

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Outubro 2008

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9
10
11

12
13
14
15
17
18

19
20
21
22
23
24
25

27
29
30
31


.posts recentes

. HoHoHo! Wishlist!

. Kawaii! Bonequinha de cro...

. Reativando minha (pseudo)...

. Ayer - 3

. Ayer - 1

.arquivos

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Julho 2008

. Maio 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Maio 2006

. Março 2006

. Dezembro 2005

.tags

. todas as tags

.links

.Na rede é peixe!

BlogBlogs.Com.Br

.Não chute, adote!

Irm√£os Brain

.subscrever feeds

RSSPosts

RSSComentários

RSSTag etc